Pesquisar este blog

quarta-feira, 1 de maio de 2013

O INÍCIO, O FIM E O MEIO



Existencial
(Hugo Martinelli)

Não sou mais quem eu era
Sou agora algo diferente de antes
E diferente de depois
Não sei ainda quem vou ser
Eu não tenho respostas para as suas perguntas
Sou apenas um sobrevivente
Apenas humano ser
A cada dia sobrevivo a você...

15 comentários:

  1. E como sobreviver? Ainda bem que temos lindas palavras, poesias, como as suas, a gente vai se entorpecendo delas e .sobrevivendo.Obrigada! Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. adorei hugo esta poesia que vc fez linda de mais vc sempre arrasa

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. adorei ficou demais!!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde Hugo .!!Sempre lendo o que escreve . Parabéns !!

    @Rho_MariaGarcia


    Bjoooss!!

    ResponderExcluir
  7. Hugo amei o post.....Vc tem uma sensibilidade sem tamanho e escreve de foram claclara..Parabéns seu lindo
    Bjs carinhosos pra vc

    ResponderExcluir
  8. Parabéns Huguinho, seja sempre assim. E cuidado com a fama, ela traz com ela ilusões que sobem a cabeça. pé no chão e olhar no que realmente é eterno!!!! Te adoro de graça ;) é isso ae lek

    ResponderExcluir
  9. Vou te dizer uma verdade.... antes minhas leituras eram sobre área da saúde , cardiologia, unidade de terapia intensiva, nada mais que isso e estou amando ler que vc escreve,lindo demais,gostei muitoooooo, amei.

    ResponderExcluir